terça-feira, 13 de setembro de 2011

segunda-feira, 12 de setembro de 2011


A ROSA ACORRENTADA

Tal qual a bela rosa que fenece,
esmagada entre os elos da corrente.
Assim a minh’alma também padece,
toda vez que a tua falta ela sente.

Neste infortúnio, o qual até parece,
ser desejo de um sonho recorrente,
renova-se apesar de toda prece,
e mesmo assim sente-se tão impotente.

Como poder sair desta prisão,
ó rosa vermelha, tu que já sentes,
sobre ti todo o peso do grilhão?

Assim a minha vida se ressente.
abatida pela cruel paixão,
a qual ainda em mim está florescente.

Marco Antonio Orsi

domingo, 11 de setembro de 2011

video

LOBA DENGOSA

Loba dengosa,
Estirpe de alta classe,
Não espera que passe,
A vez de ser manhosa.

Loba dengosa,
Prendes com facilidade.
A presa que é a felicidade,
Na tua vida amorosa.

Loba dengosa,
Esperas com paciência
Que te peçam clemência
Pois sabem que és generosa.

Loba dengosa
Do alto do teu altar, esbelta,
Dominas de forma discreta,
Porque és uma flor mimosa.

Marco Antonio Orsi

>
VERSOS PERFEITOS...

O que são afinal versos perfeitos?
Senão aqueles vindos do coração,
Os quais nos trazem a sensação,
De que nossa vida ainda tem jeito...

Não pense nas estrofes carentes,
Onde se misturam amor e solidão,
Sorve somente o que é belo, então,
Entenderás como tudo é diferente.

Pense apenas nos felizes momentos,
Que juntos ainda teremos nesta vida,
E que esta, por tudo será agradecida,
Adornada pelos nossos sentimentos.

Marco Antonio Orsi
video